domingo, 28 de fevereiro de 2010

Casal de traficantes é preso em Ulianopólis


Uma equipe comandada pelo delegado Joazil Machado, escrivão Samuel, juntamente com os investigadores Mendonça e Miguel, prenderam ontem ao meio dia o casal de traficantes Lúcia Gomes Monteiro e Agamenon Soares, mais conhecido por "Baixinho". Eles foram presos no bairro Redende II, área periférica de Ulianopólis, a 400 km da capital paraense, no sudeste do estado.

Através de denúncias anônimas a equipe da Delegacia daquele município montou campana próximo a residência do casal. Onde notaram uma grande movimentação de entrada e saída naquela residência.

Ao meio dia, a equipe fez revistas na casa, onde apenas Lúcia Gomes Monteiro estava. Ao revistarem a traficante a mesma portava uma bolsa porta-moedas, onde encontraram 67 trouxinhas de pasta base de cocaína, popularmente conhecida por "nóia".

A traficante confessou estava revendendo a droga, e teria mais 67 unidades para os usuários, além disso, a polícia encontrou em poder da mesma R$ 175,00 proveniente de tráfico. Mas que o responsável era seu marido, Agamenon Soares, que, no momento da prisão da esposa, o mesmo estava em seu trabalho, uma cerâmica daquele município.

Ao chegar no local de trabalho de Agameor, logo confesou ser dono das "nóias", e não resistiu a prisão. O mesmo chegou a falar o nome do traficante, que seria Reginaldo, mais conhecido por "Lourão", residente no município de Dom Elizeu, a 60 km de Ulianopólis.

Os dois foram encaminhados para Delegacia de Ulianopólis, onde foram autuados por tráfico de entorpecentes pelo delegado Joazil Machado. A droga foi encaminhada para o Centro de Perícias Científicas "Renatos Chaves" de Castanhal. Lúcia Monteiro, será encaminhada ainda esta semana para o Centro de Recuperação do Coqueiro em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém (RBM) e Agamenon, será encaminhado para o Centro Regional de Recuperação de Paragominas.

A Polícia Civil de Ulianópolis pede para quem tiver informação que possam levar ao conhecimento de outros traficantes ligar para (091) 3726-1176 ou disque denuncia (181).

Bruno Nascimento, de Paragominas.

“Fuscão” de Ulianópolis vai em cana


Após homens do 19º Batalhão de Polícia Militar, lotados em Ulianópolis, no sudeste paraense, realizar a prisão de três usuários de drogas e os encaminhar para a delegacia daquela cidade, logo os mesmos entregam o nome do traficante que teria vendido a droga para eles, o sem terra Carlos André Maciel dos Anjos, 32 anos, conhecido popularmente como “Fuscão de Ulianópolis”.

A prisão ocorreu na última sexta-feira, pelos investigadores Miguel e Mendonça. A versão que “Fuscão” deu para nossa reportagem foi que um amigo de pré-nome “Junior”, teria pedido emprestado para ele, R$ 10,00 para ir ao município vizinho de Dom Elizeu, a 60 km de Ulianópolis, comprar cinco gramas de pasta base de cocaína, onde “Junior” gastaria na compra da droga R$ 110,00.

Logo mais, segundo o acusado, veio a informação que o mesmo estaria preso na Delegacia de Ulianópolis, por tráfico de drogas. “Fuscão” estaria preocupado com seu amigo, e teria pedido informações na unidade policial. Em seguida voltou para a residência da amante.

Logo mais, os investigadores efetuaram sua prisão. Mas alega ser inocente. Segundo os investigadores, “Fuscão” é conhecido da cidade de Ulianópolis por ser proprietário de um bar. Além disso, os três usuários teriam apontado o nome dele, como traficante.

Após realizarem a revista, encontraram em poder do sem terra, 12 “petecas de nóias”, onde cada uma seria vendida no valor de R$ 5,00. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Ulianópolis, e autuado por tráfico de entorpecentes, pelo delegado Joazil Serrão.
Denuncie: A Polícia Civil de Ulianópolis, pede para quem tiver informações que possam levar a prisão de outros traficantes, ligar para o telefone (091) 37261176 ou disque denuncia (181).     

Polícia frustra tentativa de fuga em Ipixuna do Pará

O fato aconteceu no último sábado, ao meio-dia, quando uma equipe comandada pelo delegado Raphael Souza, percebeu um movimento estranho na carceragem na Delegacia de Ipixuna do Pará, nordeste do estado.  Logo, o mesmo, juntamente com os investigadores Evaldeci e Antônio, realizou revistas na carceragem, onde encontram um buraco na cela 2, que daria o que daria acesso ao quintal da delegacia daquele município, logo se a tentativa de fuga chegasse a ser concluída, logo estariam nas ruas daquela cidade. 

A carceragem de Ipixuna do Pará está em fase de superlotada. A mesma tem capacidade apenas para dez presos, atualmente está comportando vinte e dois. O dobro de sua capacidade para detentos.  

O buraco deixou a unidade policial em estado de alerta. Os autores da abertura seriam dois detentos de alta periculosidade, os mesmos usaram uma barra de ferro para abrir o buraco na parede. Segundo o delegado Raphael Souza, um deles, é foragido de outra delegacia, onde estão esperando a transferência do mesmo, ainda esta semana. 

O delegado Raphael Souza, titular da Delegacia de Ipixuna do Pará, abriu um inquérito onde visa penalizar os detentos responsáveis pela abertura do buraco, por crime de danos contra o patrimônio público.  

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Paragominas: sociedade civil organizada disculte sustentabilidade de produção rural




Com a presença  de representantes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério do Meio Ambiente (MMA), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Poder Público Municipal, juntamente com entidades de classes ruralistas, discutiram ontem (25) ações sobre a sustentabilidade rural em Paragominas, no sudeste paraense.  

A cidade conta com o Projeto Paragominas Municipio Verde, uma parceria entre Prefeitura Municipal e Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas, com apoio da sociedade civil organizada, juntamente com ONGs, como o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e The Nature Conservancy (TNC).  

As palestras contou com a participação de diversos produtores rurais, onde o objetivo maior  foi orientar sobre os passos de adesão ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), para que Paragominas saia da lista negra dos 43 municípios que mais desmatam em todo o Brasil, dado esse divugado pelo Ministério do Meio Ambiente.  

De acordo com o MMA, para a cidade ser retirada da lista negra, deve atingir dois critérios. A redução do desmatamento para menos de 40 km2 em um ano e realizar o CAR de 80% do território de toda a cidade. De acordo com o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas, Mauro Lúcio Costa, Paragominas já tem controle do desmatamento. “Com a adesão dos produtores ao Cadastro, estamos bem próximos de atingir nosso objetivo”, disse o presidente.  

Paragominas é a cidade que menos desmata em todo o Brasil, um resultado que vem sendo trabalhado através do Projeto Município Verdade. Mas continua na lista de cidade que desmatam no Brasil.  

Para o Sindicato dos Produtores das Indústrias Madereiras de Paragominas (Sindiserpa), se o município conseguir atingir a meta estabelecida pelo Governo Federal, os produtores serão beneficiados. “Assim futuramente caminhando de forma correta chegaremos ao nosso objetivo. Com o tempo a facilitação para empréstimos para que possamos trabalhar melhor, será um dos benefícios”, disse Mário Lombard.  

Justiano Netto, presidente do conselho de Meio Ambiente, da Fiepa, tem a mesma opinião. “Se Paragominas sair da lista dos 43 municípios que mais desmatam no Brasil, a facilidade para que os produtores rurais possam trabalhar tranquilos e legalizados”, concluiu.  

O que é o CAR?  

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) estabeleceu novos procedimentos destinados à regulamentação de imóveis rurais com áreas de até quatro módulos fiscais no Estado do Pará, dentro do Cadastro Ambiental Rural (CAR-PA).

A medida está na redação da Instrução Normativa nº. 016. De acordo com a normativa, o órgão ambiental estadual vai firmar parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) e outras instituições públicas, visando dar suporte ao processo de cadastramento.

A instrução define os documentos necessários à inscrição no CAR-PA, por meio da Emater e dos demais órgãos conveniados, para facilitar a adesão, neste primeira fase, dos proprietários que não tenham condições técnicas e financeiras de fazer o cadastro.


O governo quer garantir amplo acesso aos interessados e oferecer rapidez ao sistema de cadastramento, que vai regularizar todos os imóveis rurais no estado.

A inscrição no CAR-PA, via Emater, órgãos públicos e instituições conveniadas, será feita mediante a entrega, pelo interessado, dos documentos básicos (de pessoa física e pessoa jurídica), listados no site oficial da Sema(www.sema.pa.gov.br) e relacionados na Instrução nº. 016/2008.

Após a conferência dos documentos pelos técnicos do órgão ambiental, o comprovante de cadastramento será emitido e colocado à  disposição também no site da Secretaria.

Mapa – O mapa georreferanciado, obrigatório do CAR-PA, deverá ser elaborado em meio de sistema específico, de acordo com as orientações técnicas disponíveis na internet, e na forma do que já foi estabelecido pela Instrução Normativa nº. 013/2008.

Caberá ao técnico do órgão conveniado informar a marca, modelo e precisão do equipamento do Sistema de Posicionamento Global (GPS), usado na elaboração do mapa georreferenciado.

Os projetos técnicos do mapa da propriedade, da recuperação de Área de Preservação Permanente (APP) e de recomposição da Reserva Legal (ARL) deverão ser elaborados pelas instituições, em até 36 meses.

A Sema também está oferecendo, por meio eletrônico, a relação dos interessados que requerem a inscrição do imóvel rural de até  4 módulos fiscais no CAR-PA.

Recuperação – Constatada a alteração da Área de Preservação Permanente (APP), o proprietário ou possuidor do imóvel cadastrado fica obrigado a isolar a área imediatamente, e iniciar o processo de recuperação, de acordo com a legislação em vigor. A equipe técnica dos órgãos conveniados deve encaminhar o plano de recuperação à Sema.

Se também houver alteração da Área de Reserva Legal (ARL), técnicos dos órgãos conveniados ficam obrigados a apresentar o projeto de recomposição da reserva legal, de acordo com os critérios estabelecidos pela Secretaria.

O plano de recuperação da APP e o projeto de recomposição da ARL devem ser encaminhados ao órgão ambiental estadual, junto com o comprovante de aceite do projeto técnico georreferenciado do imóvel. 

Ascom – Sema/PA.  

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

“Demônio Cego” é executado em Paragominas

O crime aconteceu ontem (25) por volta das 08h, na estrada vicinal que dá acesso ao Centro Regional de Recuperação de Paragominas, no sudeste paraense. 

Onde Ademar Rodrigues dos Santos, 25 anos, conhecido popularmente como  “Demônio Cego”, onde era considerado de alta pericolosidade por moradores do bairro Jaderlândia, área periferica da cidade foi encontrado morto com cerca de nove tiros a queima roupas e uma facadada certeira em seu pescoço. 

O período que “Demônio Cego” esteve vivo, o mesmo teve vários rivais. Onde sua irmã Simone Santos da Silva, não saberia apontar quem seria o autor do crime, já que era grande o número de pessoas que queriam a morte do mesmo. 

No bairro em que o “Demônio” morava, ele vivia em práticas de furtos e assaltos, além de ser usuário de drogas.  
Sua irmã, relatou apenas a polícia que um açougueiro fez ameças de matá-lo, mas não saberia informar o nome mesmo. 

O caso foi registrado na 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Carlos Magalhães Gomes, abriu um inquérito para apurar quem teria matado “Demônio Cego”.  O corpo do mesmo foi encaminhado para necrotério que funciona no Hospital Municipal de Paragominas.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Jogo de azar é fechado em Paragominas



Uma guarnição comandada pelo capitão João Luiz, sargento Celso, juntamente com os cabos S. Costa, Mário e Rodrigues do 19º Batalhão de Polícia Militar apreenderam na tarde de ontem seis máquinas caça-níqueis em Paragominas, sudeste paraense.    

Tudo aconteceu ontem por volta das 15h, quando o apostador jogou na máquina de caça-níqueis, e ganhou um valor além do esperado pelo proprietário Flávio de Andrade, que por sua vez, decidiu não pagar o apostador. Revoltado o apostador que preferiu não se identificar, acionou o serviço do Centro de Operações Integradas (Ciop190) para denunciar o proprietário.  

Ao chegar ao local, à guarnição apreendeu as máquinas e logo foram trazidas para a 13ª Seccional de Paragominas. Onde o delegado Carlos Magalhães Gomes, realizou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e liberou o proprietário seguido. As máquinas serão encaminhadas para o Centro de Perícias Cientificas de Castanhal, nordeste do Pará, a 200 km de Paragominas.      

Para nossa reportagem Flávio disse que essa é a terceira vez que ele tem passagem pela delegacia de Paragominas, pelo mesmo motivo.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Empresário, policial e ladrões unidos no crime

Equipes da Polícia Rodoviária Federal, do 19º Batalhão de Polícia Militar e das Polícias Civil do Pará e Maranhão conseguiram desmantelar uma quadrilha interestadual que era especializada em roubos de veículos. Eles agiam principalmente em Paragominas, na região sudeste do Pará.


Através da operação “Sem Fronteiras”, coordenado pela delegada Carmem Suely e os chefes de operações Leno e Paulo Henrique, os policiais conseguiram frustrar uma tentativa de assalto a um banco em Paragominas com uma ação preventiva. Foi quando a quadrilha partiu para um plano “B”. Captar recursos através de roubos de caminhões para realizar assaltos em bancos nas cidades de Porto Franco e São Luiz (MA).


O último assalto que eles realizaram foi a um caminhão da empresa Marko Engenharia, nos perímetros da rodovia PA-256 no sentido Paragominas/Tomé-Açú, no nordeste paraense. Eles renderam o motorista, que estava com uma carga de 120 galões de água mineral e tintas que seriam destinados à mineradora Vale.


Após descarregarem a carga e abandonar às margens da rodovia, o caminhão teria como destino Dom Eliseu, a 300 km de Paragominas, em seguida a cidade de Porto Franco (MA), onde o empresário Edílson Alves Rocha, já estaria esperando o veículo roubado para comprá-lo.


A Polícia Civil do Maranhão conseguiu localizar o caminhão entre as cidades de Porto Franco e Estreito. Lá, o motorista do empresário foi ao encontro do motorista do caminhão roubado. Após o encontro os dois foram até o empresário. Foi quando a polícia os abordou e fez uma revista na picape S-10 de Edílson. Os policiais então encontraram diversas placas e documentos falsos de automóveis, além de um revólver calibre 38 e nove munições.

A intenção da quadrilha era, com a venda do caminhão e da mercadoria, articular um assalto a um banco recém inaugurado na cidade de Porto Franco (MA).


Em parceria com a Polícia Civil maranhense, os policiais do Pará conseguiram chegar a Domingos da Silva Ozório, 50 anos, reincidente em assaltos de veículos; ao empresário Edílson Alves Rocha, 46 anos; Adalto Araújo Portela, 34 anos; e Antônio Paulo. O monitoramento de outras pessoas que fazem parte da quadrilha continua, entre eles, está o soldado Marcelo Souto de Lima, lotado no 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas, já considerado foragido.


“Infelizmente o soldado que era para estar protegendo a sociedade se tornou um vilão. Não honrou o juramento que fez a sua corporação”, disse o capitão João Luiz do 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas.


Há uma semana o soldado Souto não se apresenta ao quartel da PM para trabalhar. No último dia 19, quando o caminhão foi assaltado na rodovia PA-256, o soldado deveria estar de serviço no Centro Regional de Recuperação de Paragominas (CRRP), mas pagou um colega de corporação para tirar plantão em seu lugar.


Enquanto isso, outro comparsa de prenome “Tarzan” e “Chico”, estariam com a moto do PM, seguindo supostas vítimas para assaltos em Paragominas. Enquanto, o soldado estava em um Palio também dando suporte ao bando. Após a prisão de parte da quadrilha de roubo de veículos e bancos, a Polícia Civil do Maranhão, encaminhou os quatro para a 13ª Seccional de Paragominas, onde foram autuados em flagrante por roubo, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo pelo delegado Raimundo Xavier. A Polícia Civil acredita que é uma questão de tempo para capturar o resto do bando. Tanto a moto do PM quanto o caminhão roubado já estão no pátio da 13ª Seccional de Paragominas. 

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Defensoria Pública de Paragominas garante direito de usuários de telefonia móvel


A Defensoria Pública em Paragominas ingressou com Ação Civil Pública (Processo n. 2010.1.000400-4) em face da operadora de celular TIM S/A visando garantir a melhor prestação de serviço de telefonia móvel na cidade.
Tal medida judicial foi motivada pelos maus serviços prestados pela operadora de telefonia no município, prejudicando demasiadamente os consumidores da região, bem como aqueles que por lá transitam.
A Ação Civil pretende que em 30 (trinta) dias a Operadora de Celular adeque seus serviços, sob pena de multa diária de 20.000,00 (vinte mil reais). Ao final, a Defensoria Pública requer a condenação da operadora de celular por dano moral a coletividade no valor de 1.000.000,00 (um milhão de reais).
O Defensor Público e Coordenador da 10ª Regional, Rodrigo Ayan da Silva salienta que os serviços prestados pela operadora de celular estão muito aquém do que estabelece o Código de Defesa do Consumidor. "Os consumidores diante dessa situação de vulnerabilidade se valeram da Defensoria Pública de Paragominas, e quem mora em Paragominas sabe que é quase impossível atualmente realizar e receber ligações da operadora TIM", destacou o Rodrigo Ayan.
O Juíz da 1ª vara cível da Comarca de Paragominas, Luiz Otávio Moreira, deferiu o pedido limitar requerido pela Defensoria Pública.
Ascom/Defensoria Pública. 

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Bombeiros interditam escola em Paragominas



O 1º Subgrupamento de Bombeiros Militar de Paragominas, após vistorias, interditou a Escola Estadual de Ensino Médio "Presidente Castelo Branco", no último dia 21 de janeiro, pois parte do telhado corre risco de desabar a qualquer momento.

O ofício emitido pelo Corpo de Bombeiros da cidade solicitou a interdição do trânsito de pessoas nos locais indicados, em função da existência de falhas na atracação de algumas peças da estrutura de sustentação da cobertura, até que sejam realizadas reformas no bloco do 2º e 3º ano do ensino médio e pátio de recreação.

Boa parte do telhado da escola está comprometida. Nos banheiros falta água nas descargas, e o tanto o piso, quanto o telhado estão em péssimas condições. Nas salas de aula a situação se repete. Os bebedouros estão com ferrugem.

A escola conta com apenas dois zeladores para a limpeza de 25 salas. Não existe vigia, o que transforma a escola num alvo fácil para bandidos. Muitos professores e alunos estão insatisfeitos.

"Isso é um absurdo. A gente estuda em uma escola onde não dão um ‘pingo’ de dignidade para o aluno. A água daqui tem gosto de ferrugem", desabafou David Melo, aluno do 2º ano do ensino médio.

Na manhã de quarta-feira (24) pais, alunos e professores revoltados com a situação, participaram de uma reunião na escola para decidir o que será feito. Uma comissão foi formada por pais, alunos, professores e vereadores para tentar chamar à atenção da Seduc. As pessoas e autoridades que participaram da reunião assinaram uma ata que será encaminhada ao Governo do Estado.

A diretora Sandra de Prá disse que no dia seguinte a interdição esteve na Secretaria Executiva de Educação para informar ao órgão sobre fato e pedir que fossem tomadas providências, mas, não obteve respostas. A direção da escola pediu ajuda da Prefeitura de Paragominas e dos vereadores para conseguir uma solução.

Ivanice Anselmo Vieira, mãe de aluno, considera a situação vergonhosa para a cidade, "Meu filho pode está aqui na escola e o teto desabar, e aí? Quem vai arcar com as consequências?", perguntou.

Em nota a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que a reforma da escola está prevista para este semestre. A escola passará por uma reforma geral das 17 salas de aula, do recreio e da quadra coberta, e do bloco de laboratórios, por meio de um investimento de R$ 1.555.263,56.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

PM prende traficantes em Paragominas


Após denúncias anônimas de um furto realizado na madrugada de ontem (24), no bairro Camboatã II, área periférica de Paragominas, sudeste do Pará, uma guarnição comandada pelo sargento Celso, juntamente com os cabos Rodrigues, Mário e S. Costa do 19° Batalhão de Polícia Militar, conseguiram chegar três traficantes na viatura 2208.

A prisão foi realizada ontem as 08h30, quando a guarnição conseguiram chegar até o menor de apenas 16 anos. Onde conseguiram recuperar uma serra elétrica que o mesmo havia furtado do pedreiro que preferiu não se identificar.

Eles foram presos após denúncias anônimas sobre um furto realizado na madrugada de quarta-feira (24), no bairro Camboatã II.

Uma guarnição comandada pelo sargento Celso, juntamente com os cabos Rodrigues, Mário e S. Costa, do 19° BPM, conseguiu chegar aos três traficantes. A prisão foi realizada ontem (24), às 08h30, quando a guarnição conseguiu chegar até o menor de apenas 16 anos. Os policiais recuperaram uma serra elétrica que havia sido furtada de um pedreiro que não quis se identificar.

Foi o próprio adolescente que entregou: Josimar Silva Santos, mais conhecido como "Pinha", 25 anos, que é homicida e havia sido preso anteriormente, mas, conseguiu fugir da 13ª Seccional de Paragominas, com algemas nos pés; além de Márcio Santos de Souza, 23 anos.

Na residência onde os traficantes estavam, os policiais encontraram outros materiais provenientes de furtos, quatro munições para armas de calibre 28, um canivete, além de 135 gramas de maconha, que a polícia acredita que seria revendida naquela localidade.

Eles foram encaminhados para a 13ª Seccional. Josimar e Márcio foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de munições para arma de fogo.

Denuncie: O 19° Batalhão de Polícia Militar de Paragominas pede para quem tenha informações que possam levar a prisão de outros traficantes para ligar para o telefone (091) 3729-3747 ou 190.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

Polícias prendem quadrilha interestadual em Paragominas e Maranhão

OPERAÇÃO "SEM FRONTEIRAS" DESARTICULOU QUADRILHA QUE PRETENDIA COMETER ROUBOS NO PARÁ E MARANHÃO

As Polícias Civil e Militar de Paragominas, nordeste do Pará, prenderam integrantes de uma quadrilha interestadual especializada em roubos na região. As prisões foram realizadas nos últimos dias em Paragominas e no Maranhão. Armas, caminhões e placas clonadas de veículos foram apreendidos com o bando. A ação, denominada de operação “Sem Fronteiras”, contou com apoio das Polícias Rodoviária Federal e Civil do Maranhão. Os presos foram apresentados nesta quarta-feira, 24, na sede da Superintendência Regional da Zona Guajarina. O soldado lotado na Polícia Militar de Paragominas, Marcelo Souto de Sena, e dois comparsas de apelidos “Tarzan” e “Neto”, que também fazem parte da quadrilha, são procurados.




Estão presos na Seccional Urbana de Paragominas Adalto Araújo Portela; o motorista Domingos da Silva Ozório; o empresário maranhense Edilson Alves Rocha e o mecânico Antônio Fábio Borges Gomes. O bando já era investigado há duas semanas pela equipe comandada pela delegada Carmem Suely Souza da Silva e pelo chefe-de-operações, investigador Marileno. Os policiais tinham informações de que uma quadrilha estava se articulando na cidade para praticar um assalto, do tipo “sapatinho”, em que o gerente seria feito refém em casa com a família e, depois, obrigado a abrir o cofre. O alvo poderia ser a agência da Caixa Econômica ou a dos Correios. Para tanto, os bandidos pretendiam roubar dois caminhões e depois vendê-los a um receptador no Maranhão. As investigações foram intensificadas após o roubo de um caminhão, no último dia 20, às 11h30.



O veículo de propriedade da empresa Marka Engenharia foi seguido por Adalto, “Tarzan” e o soldado Marcelo, que estavam em um Fiat Pálio, logo após a saída do caminhão da sede da empresa, no centro de Paragominas. O condutor do veículo foi abordado pelos bandidos a 22 quilômetros de distância do município, na estrada do Rio Capim. Ele foi feito refém e levado no próprio caminhão por mais 700 metros. Depois, a vítima foi tirada do caminhão e levado até o mato, onde Adalto ficou o mantinho sob mira de uma arma. O caminhão foi levado por “Tarzan” seguido pelo carro Pálio conduzido pelo soldado. A vítima somente foi liberada por volta de 15h.



Adalto seguiu a pé até Paragominas, onde se encontrou, depois, com os comparsas, em um posto de combustível. O caminhão foi levado até Dom Elizeu, onde foi entregue ao motorista Domingos Ozório. O objetivo era levar o veículo até o Maranhão, onde o empresário, que atua no ramo de oficinas de veículos pesados, iria receber e comprar o veículo roubado. Com o dinheiro, os bandidos pretendiam alugar uma casa em São Luiz (MA) para planejar um assalto em uma agência bancária na capital maranhense.

O trabalho policial contou com o capitão João Luiz, que comandou uma guarnição do 19º Batalhão da PM, e com os investigadores Paulo Henrique, Cristiano e Denilson. Os policiais prenderam, inicialmente, Adalto Portela, em sua casa, na rua Castro Alves, bairro Promissão II. Com ele, uma moto Titan CG, placa JVG 5106, de propriedade do soldado Marcelo, e um revólver calibre 38 com seis munições, foram apreendidos.



O veículo, conforme as investigações, foi usada para monitorar a saída do caminhão roubado. O motorista Domingos foi preso enquanto dirigia o caminhão, em direção à capital maranhense. Ele foi abordado na cidade de Porto Franco, no Maranhão, por policiais rodoviários federais e por policiais civis maranhenses já previamente informados sobre o crime pela Polícia Civil de Paragominas. Após a prisão, o telefone celular de Domingos tocou e ele atendeu. Era o empresário Edilson, que aguardava a chegada do caminhão em um posto de combustível, situado entre Porto Franco e Estreito (MA). Os agentes foram até o local e prenderam Edilson e o mecânico Antonio Fábio, que trabalhava para o empresário. O empresário estava em uma caminhonete S10 de sua propriedade. Ao revistar o carro, os policiais acharam um revólver calibre 38 com nove munições, no toca-CD. No interior do estepe do carro, os agentes encontraram três placas clonadas e documentos referentes às placas dos veículos. Os presos vão responder por formação de quadrilha, roubo, receptação e posse ilegal de arma.

Ascom Polícia Civil/PA.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Foragido é capturado em Paragominas


Através de denuncias anônimas, os investigadores Paulo Henrique, Cristiano, Denílson e Santos, juntamente com guarnições comandadas pelo capitão João Luiz do 19º Batalhão de Policia Militar de Paragominas, sudeste paraense, conseguiram capturar as 11h de ontem, Antonio Wellington Barros Marinho, 19 anos, mais conhecido como “Wellington do Flamengo”. 

O foragido da Comarca de Capanema, nordeste do Pará, estava residindo em Paragominas no bairro Jardim Atlântico, área periférica da cidade. Quando o mesmo, juntamente com os comparsas: “Junior”; “Kécio” e “Damião”, assaltaram o açougueiro de pré-nome Antonio, levando da vitima um valor aproximado de R$ 8.000,00 no último dia 29 de dezembro de 2009.  
O grupo utilizou um revólver para realizar assalto ao açougueiro naquele município do nordeste paraense, o que resultou no internamento do mesmo até os dias de hoje, na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do Hospital Metropolitano Ananindeua.  

“Eu não sabia que era oito mil reais. Do assalto, recebi apenas mil. Dinheiro esse que usei para vim para Paragominas”, disse “Wellington do Flamengo”. Para nossa reportagem o acusado relatou que sua prisão era inesperada. Na cidade ele já estava realizando serviços em uma colônia da cidade normalmente.  

A prisão preventiva de “Wellington do Flamengo” foi decretada pela juíza Suayden Fernandes da Silva Sampaio, da comarca de Capanema. Ele foi autuado por tentativa de homicídio.  
Por sua vez, a 13ª  Seccional de Paragominas, comunicou a Delegacia de Capanema, sobre a responsabilidade da Superintendência Regional da Zona Bragantina (SRZB), sobre a prisão do foragido. Ainda hoje, equipes de policiais daquele município farão à transferência de “Wellington do Flamengo”.  


Bruno Nascimento, de Paragominas. 

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Jovem é morto a facadas em Paragominas



Foi na madrugada de ontem (21), por volta das 02h30 quando o servente de pedreiro, Jackson de Oliveira Santos, 20 anos, voltava de uma festa de aparelhagem, em Paragominas. Ele foi morto com uma facada no estômago que deixou as vísceras expostas.

Segundo relatos da tia da vítima, Cirlete Cordeiro de Oliveira, seu sobrinho voltava da festa de aparelhagem, rumo a sua residência no bairro Camboatã II, quando o homicida desconhecido já estaria a sua espera.

Quando seu sobrinho chegou à porta da casa, foi surpreendido pelo assassino que logo o atingiu com o golpe. A faca chegou a entortar. Em seguida o mesmo fugiu do local. Ainda segundo ela, o irmão de Jackson de prenome Fernando, teria presenciado o crime, mas, não consegue identificar o autor.

A vítima não tinha passagem pela polícia e, segundo a família, ninguém tinha conhecimento que Jackson vinha sido ameaçado de morte nos últimos dias. Eles desconfiam que a vítima tenha discutido com alguém durante a festa. E que o assassino revoltado, matou o servente de pedreiro.

O caso foi registrado na 13ª Seccional de Paragominas. O corpo foi encaminhado para o Centro de Perícias "Renato Chaves" de Castanhal, nordeste do estado, para o exame de necropsia.

Denuncie: A Polícia Civil de Paragominas pede para que souber de alguma informação que possa levar ao paradeiro do homicida, que liguem para o telefone (091) 37294977 (13ª) ou disque denúncia (181). 

Bruno Nascimento, de Paragominas.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Geléia é preso por tráfico


Uma guarnição comandada pelo cabo S. Costa do 19º Batalhão de Policia Militar de Paragominas, conseguiu prender na noite da última quinta-feira (18) o traficante Luciano Alves Gonzaga, 40 anos, vulgo "Geléia".

A prisão aconteceu quando os militares realizavam rondas ostensivas pela cidade, mais precisamente em um bar no "Beco da Morte", bairro Cidade Nova, onde existe grande incidência de traficantes. No local "Geléia" ainda tentou esconder a droga, mas, os policiais encontraram, com ele, 40 petecas de pasta base de cocaína.

Logo em seguida ele foi encaminhado para a sede da 13ª Seccional de Paragominas, onde foi atuado por tráfico de drogas pelo delegado Raimundo Xavier.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Criança morre afogada em Paragominas

O fato aconteceu ontem, às 7h30, na colônia Maritaca, a cerca de 70 km da sede do município de Paragominas, no sudeste do Pará, quando a mãe de Ana Kauanne Braga Siqueira, 5 anos, foi dar banho em suas filhas em um rio daquela localidade. Segundo Joana D’Arque, 24 anos, no momento em que ela chegou à beira do rio, um vaqueiro pediu para que a mesma realizasse uma ligação para ele. “Só lembro que ele me pediu para fazer uma ligação no próprio celular dele. Por instantes, esqueci da Kauanne. Quando vi, ela já estava afogada no rio ainda com vida”, disse a mãe da menina.


Em seguida, a menina foi retirada do rio, quando conseguiram entrar em contato com o com o 19º Batalhão de Polícia Militar, que por sua vez acionaram o 1º Sub-Grupamento de Bombeiros Militar de Paragominas. Sobre a informação que a menina já estaria morta.

Foi quando o capitão Olímpio a caminho da vila Maritaca conseguiu falar com a mãe da criança que estava em desespero. “Ela disse para guarnição que o coração da menina estava ainda batendo. Foi que comecei a orientar como deveria agir. Nesse período, estava muita gritaria, principalmente de crianças que estavam no local”, relatou o capitão. Logo mais, veio a notícia de que a menina tinha morrido.

Segundo o capitão Olímpio, pelo fato do 1º Sub-Grupamento de Bombeiros não ter estrutura para remoção de cadáver. Foi acionado o apoio da Prefeitura de Paragominas que disponibilizou uma picape para trazer a menina até o necrotério do Hospital Municipal de Paragominas.

O caso foi registrado na 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Raimundo Xavier abriu um inquérito para apurar o caso. Assim que o corpo de Kauanne for liberado, será velado no município de Nova Esperança do Piriá.
 
Bruno Nascimento, de Paragominas.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Carnaval: São Miguel do Guamá é só festa

Os guamaenses deram seu primeiro grito de carnaval no último sábado. A cidade de São Miguel do Guamá, nordeste do estado, conseguiu reunir na orla do rio Guamá cerca de 20.000 brincantes de diversas cidades do estado. 


Como a tradição daquele município manda, foi escolhida a musa do carnaval e este ano, quem levou a melhor foi Sâmia Gabriela, 18 anos.

Em seguida foi a vez da banda trio Delírios entrar em cena e agitar os mais de 20.000 foliões. Uma grande estrutura foi montada, com trios elétricos e aparelhagens, um investimento do poder público de aproximadamente R$ 70.000 para garantir um carnaval confortável para quem procurou a cidade de São Miguel do Guamá.

Cerca de 80 homens do Batalhão de Polícia Militar e Polícia Civil garantiu a segurança dos brincantes, e não foi registrada nenhuma ocorrência. 

Domingo, a programação teve inicio às 18h, com passagens dos blocos Pimpolho, Gurijuba, Maria Beca, entre outros. As 21h foi à vez da banca Pancadão do Axé, agitar a cidade.

O movimento de chegada no terminal rodoviário de São Miguel foi intenso, principalmente de pessoas de Castanhal, Santa Maria do Pará e Paragominas, sudeste do estado. 

Onde teve também desfiles das escolas de sambas, show com as bandas Energia Positiva e Love Star. 

Ontem, a programação começou às 15h, com o arrastão carnavalesco, em ritmo de muito axé. As 18h, os blocos “B” entraram em cena, seguidos pelos blocos “A”.

Hoje e amanhã (16 e 17) encerrando a programação oficial, o badalado cantor Eloi Iglesias e Banda, de Belém, farão a animação a partir das 20h30 para os foliões.


Bruno Nascimento, de Paragominas. 

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Caminhão colide com ônibus na PA-256

Um caminhão carregado de madeira colidiu com um ônibus, com 48 pessoas a bordo. O acidente aconteceu por volta das 20h30 de ontem (14), na PA-256, sentido Paragominas/Tomé-Açu, a 38 km do centro urbano de Paragominas.

De acordo com informações da sargento Rívia, do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (PRE), chovia na hora do acidente e o caminhão estava na chamada Ladeira do 30, quando tentou fazer uma ultrapassagem. As madeiras que transportava começaram a balançar e o veículo se desgovernou, provocando o acidente.

Muitas pessoas ficaram presas nas ferragens do ônibus, fretado pela empresa Cattani, prestadora de serviços da Vale. Todas estavam a caminho do trabalho. Os feridos foram resgatados pelo 1º Subgrupamento de Bombeiros Militar de Paragominas e levados para o Pronto Socorro e um hospital particular daquele município. Os dois motoristas foram conduzidos para Belém.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

CRRP registra fuga no carnaval em Paragominas

Ontem (13) por volta das 11h o detento Alexandre Cardoso, do espaço semi-aberto do Centro Regional de Recuperação de Paragominas, conseguiu fugir pelos fundos do presídio. Quando policiais do 19º Batalhão de Polícia Militar, que faziam segurança no local, notaram que o mesmo estava fugindo, começaram uma perseguição ao detento. Os policiais chegaram a atirar para cima, para intimidar o fugitivo. Mas, um carro, modelo Parati, de cor cinza, já estava à espera de Alexandre Cardoso. O caso foi comunicado a 13ª Seccional por volta das 17h, pelo vice-diretor que estava responsável pelo plantão.
As Polícias Civil e Militar pedem para quem tiver informações que levem ao esconderijo de Alexandre Cardoso, que liguem para os telefones (91) 3729-4977 ou 3729-1330, do 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

Rapaz morre afogado em Paragominas

O fato aconteceu ontem, por volta das 17h, quando o adolescente Gerson Santos Pereira, 14 anos, conseguiu fugir dos seus pais para ir para o rio Uraim, no bairro Jaderlândia, área periférica de Paragominas, no sudeste do Pará.
Ao chegar ao balneário “Valdomiro”, o menor começou a tomar banho no rio, que é localizado no perímetro urbano de Paragominas. Na rodovia dos Pioneiros, onde existe uma ponte para o tráfego de veículos e pedestres, o adolescente começou a pular no rio. Saltos que têm altura de aproximadamente três metros.

Contudo, minutos depois de a brincadeira começar, Gerson foi encontrado morto no rio Uraim por pessoas que estavam no clube.
Homens do 1º Subgrupamento de Bombeiros Militar de Paragominas, juntamente com os investigadores Roberto e Monteiro estiveram no local para providenciar a remoção do corpo, que foi levado para o necrotério da cidade, no Hospital Municipal de Paragominas. Em seguida, o pai da vítima, Francisco de Sousa Pereira, esteve na 13ª Seccional para registrar o óbito de seu filho. Ele relatou ao delegado Carlos Magalhães Gomes que seu filho era epilético e pode ter tido uma crise que lhe foi fatal. Por sua vez, o delegado pediu o exame de necropsia para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Escolas de samba agitam Ipixuna do Pará


A programação começou no sábado, às margens do rio Ipixuna. As bandas Distração e Love Star estão agitando os brincantes em cima de trios elétricos. As escolas de samba são as grandes atrações do evento.

Como Paragominas não realiza carnaval neste período, além das cidades vizinhas como Aurora do Pará, Mãe do Rio, Irituia, entre outras, Ipixuna do Pará espera receber um público de aproximadamente 10 mil brincantes. Para isso, um forte esquema de segurança foi montado pelo 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas, que reforçará o efetivo naquele município, para garantir maior segurança para quem pretender passar o carnaval em Ipixuna do Pará.

Segundo Wanderley Sousa, assessor de comunicação, "A cidade está bem estruturada para receber turistas de municípios vizinhos, além da parte hoteleira que está bem equipada", ressaltou.

No domingo, será a vez da banda Amor de Perdição entrar em cena, agitando os blocos carnavalescos daquele município. A Secretaria Municipal de Saúde realizará durante os quatro dias de carnaval, ações preventivas, com distribuições de preservativos masculinos e femininos, através de enfermeiros e Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Já na segunda e terça, a aparelhagem Cyborg estará posicionada às margens do rio Ipixuna, onde milhares devem se divertir ao som de samba, axé e tecno melody.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

São Miguel do Guamá dará seu primeiro grito de carnaval



Os guamaenses estão prontos para o primeiro grito de carnaval. A programação oficial vai acontecer às margens do rio Guamá e deve reunir aproximadamente 20 mil pessoas entre moradores daquele município e turistas.

Neste sábado (13), às 22h, será eleita a musa do carnaval 2010 de São Miguel do Guamá, e em seguida entram em cena as bandas Delírius do Pará e Dicunforça Elétrico.

Uma grande estrutura foi montada, com trio elétrico, arquibancadas e aparelhagens. Um esquema de segurança que envolverá cerca de 80 homens da Polícia Militar, e contará com uma delegacia móvel, vai garantir a tranquilidade nos dias de folia.

O evento é promovido pela Prefeitura Municipal de São Miguel do Guamá, através da Secretaria Municipal de Cultura e o apoio de oito blocos carnavalescos.

No domingo, a programação terá inicio às 18h com passagens dos blocos Pimpolho, Curijuba, Maria Beca, entre outros. Às 21h, a banda Pancadão do Axé entra em cena, animando a multidão. Na ressaca de segunda, às 20h, haverá desfiles das escolas de samba, show com as bandas Energia Positiva e Love Star.

Fechando a programação oficial dos guamaenses, a festa terá inicio às 15h, com Arrastão Carnavalesco Mascarados, em ritmo de muito axé. As 18h, os blocos "B" entram. Em cena seguida, os blocos "A" arrastam multidões. Encerrando a programação o cantor Eloi Iglesias e Banda, de Belém, farão a animação a partir das 20h30 para os foliões.

Segundo o secretário de cultura Paulo Lira, a cidade atrai diversos brincantes, em virtude de muitos municípios da Rodovia Belém-Brasília não realizarem o carnaval. "Nosso carnaval a cada ano vem ganhando visibilidade, entre as cidades vizinhas. Além de ser um carnaval animado, é seguro", concluiu.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Semi-aberto registra mais uma fuga em Paragominas



Somente este ano, o Centro Regional de Recuperação de Paragominas (CRRP) registrou três fugas, de detentos do espaço semi-aberto que funciona na parte exterior do presídio da cidade. 

A fuga desta vez foi do detento Adamor Souza da Conceição Filho, onde o mesmo fugiu na madrugada de ontem, por volta 03h30 pela janela no espaço semi-abeto do CRRP. 
Segundo os agentes penitenciários de Paragominas, é desconhecido o rumo que o detendo fugiu. 

No mês de janeiro o especo semi-aberto do CRRP registrou fuga do detento Antônio Carlos de Melo Santos, no dia seguinte homens do 19º Batalhão de Policia Militar conseguiram recapturar o fugitivo.
  
Em seguida foi à vez do detento Erinaldo Lira de Oliveira, onde o mesmo por volta das 23h da última terça-feira (02) conseguiu abrir um buraco no forro, logo em seguida sem que ninguém percebesse destelhou uma parte do telhado do alojamento do espaço semi-aberto.  

A fuga só veio ser registrada no dia três por volta das 16h do dia seguinte. Todas as fugas foram registradas na 13ª Seccional de Paragominas.  

Denuncie: A Policia Civil e Militar pede para quem tenha informação que possam levar a prisão de Adamor Souza da Conceição Filho e Erinaldo Lira de Oliveira, ligar para os telefones: (091) 37294977, 13ª Seccional de Paragominas ou 37291330 19º BPM ou disque denuncia (181).  

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Paragominas curte o bloco da tranquilidade



Para quem quer tranquilidade, a cidade está propícia para o descanso neste período carnavalesco. É que tradicionalmente em Paragominas o carnaval acontece fora de época, no mês de agosto, quando é realizado o Paragofest.

Paragominas conta com um Parque Ambiental Municipal, um lugar de 13 mil hectares de floresta, propício para quem deseja contato direto com a natureza, serviços de pesque-pague, clubes de lazer particular, rede hoteleira estruturada, além das tradicionais festas de tecno melody que são realizadas em diversos pontos da cidade.

Além dos balneários pagos e populares, a cidade conta com diversos igarapés. Seguindo um pouquinho pela PA-256 no sentido Tomé-Açu, nordeste do estado, o turista poderá encontrar as belezas exuberantes dos rios Putiritá e Capim.

Para quem gosta de folia, as cidades vizinhas como Ipixuna do Pará, Ulianópolis e São Miguel do Guamá, realizará seus carnavais neste fim de semana. Os blocos carnavalescos entram em cena nas principais avenidas das cidades.

No sentido segurança, Paragominas é exemplo. Cerca de 300 homens do 19º Batalhão de Policia Militar, estarão reforçando a segurança pela cidade. E para maior tranquilidade, o município conta com a Central de Monitoramentos de Câmeras, com 25 unidades espalhadas em pontos estratégicos.

Em cidades vizinhas como Dom Elizeu, Ulianópolis e Ipixuna do Pará, o policiamento será reforçado durante o carnaval. No Centro Regional de Recuperação de Paragominas o reforço na segurança é para que não haja rebeliões ou fugas.

Bruno Nascimento, de Paragominas. 

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs