terça-feira, 20 de julho de 2010

Ibama e BPA flagram plantação de maconha em assentamento no Pará



O Ibama e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) destruíram nesta segunda-feira (19/07) uma plantação com aproximadamente 1,2 mil pés de maconha, além de 300 kg da droga já embalada, no Assentamento Guarani, no município de Tailândia, a 260 Kms de Belém, no nordeste do Pará. O cultivo suspeito chamou a atenção dos agentes federais da Operação Oriente durante um sobrevoo de helicóptero para fiscalizar áreas de desmatamento na região. Ao vistoriar o local em terra, os fiscais confirmaram a plantação ilegal e encontraram os pacotes da erva já prontos para serem distribuídos. Não conseguiram, porém, obter informações do proprietário do lote com os assentados.

Para o chefe da Divisão de Fiscalização do Ibama no Pará, Alex Lacerda, não é  raro agentes ambientais se depararem com casos de tráfico de droga. No ano passado, fiscais de Santarém, no oeste do estado, apreenderam maconha numa embarcação durante a repressão à pesca no período de defeso. “Esse tipo de ocorrência confirma que o ilícito ambiental anda de mãos dadas com o tráfico, os crimes trabalhistas, entre outras ilegalidades. Já se sabe desde a divulgação do Mapa da Violência, em 2009, que as cidades com altos índices de crimes ambientais têm também mais criminalidade que as que não convivem com serrarias clandestinas e extrações ilegais de madeira”, lembra ele.
Para destruir a plantação, os pés de maconha foram arrancados com ajuda dos assentados e queimados em grandes montes, junto com a droga já embalada. Uma amostra foi salva e entregue à Policia Civil. A Polícia Federal também foi comunicada do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs