quinta-feira, 29 de julho de 2010

Moradores de Ipixuna fecham a Belém-Brasília


Moradores da área rural do município de Ipixuna do Pará fecharam a rodovia Belém-Brasília na manhã desta quarta-feira (28) em protesto contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de cassar o então prefeito Evaldo Cunha (PT), acusado de compras de votos. Policiais rodoviários e policiais militares estão no local para controlar as ações dos populares, que iniciaram o protesto ateando fogo em pneus em plena rodovia.

Vários funcionários públicos estão do lado de fora da prefeitura aguardando a chegada do novo prefeito. Com receio de mudanças nas questões salariais, eles querem negociar o pagamento dos dias trabalhados no mês de julho.


NOVO PREFEITO

Na tarde de ontem, o segundo colocado nas eleições de 2008, José Orlando Alves Freire (PSDB), foi empossado como o novo prefeito do município. A posse aconteceu por determinação do juiz eleitoral José Leonardo, da 49ª Zona Eleitoral, de Mãe do Rio.

Um oficial de Justiça foi à Câmara dos Vereadores entregar a decisão para assegurar a posse, mas o presidente da Câmara, Gilson Souza,  não foi encontrado e a posse aconteceu do lado de fora do prédio.

Assim que soube do acontecido, Souza disse que a cerimônia não ocorreu de acordo com o regulamento interno da Casa, que, segundo ele, a posse do prefeito deveria acontecer no plenário da Câmara. O presidente da Câmara de Vereadores de Ipixuna considera a posse inválida. (Diário Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs