quarta-feira, 21 de julho de 2010

Paragominas: fiscalização fecha farmácia irregular

Uma força conjunta envolve cerca de 20 homens da Polícia Federal, Conselho Regional de Farmácia, Agência Nacional de Saúde (Anvisa) estão em Paragominas, região nordeste do Pará, realizando fiscalizações. Até agora um empresário foi preso.

As fiscalizações começaram na área central de Paragominas, onde concentram duas farmácias bastante movimentadas. Uma delas teve foi fechada por ter medicações contrabandiadas do Paraguay, fracionadas e sem autorização de venda pela Anvisa. Na farmácia foi encontrada um estumulante sexual, proibido no Brasil e sem nota fiscal. O proprietário Cláudio Vieira Martins, recebeu voz de prisão por ter em seu estabelecimento medicações vencidas, fracionadas e não tinha tinha um profissional famarcêutico responsável.

Pelo menos trinta farmácias somente em Paragominas, estão na lista negra da Ansiva e receberão visitas dos órgãos de fiscalizações.

Outros estabelicimentos visitados apenas receberam orientações de técnicos da Anvisa e foram retirados medicações destinados as vendas, por falta de burlas com informações necessárias aos usuários. Pela tarde foi fechada mais duas farmácias por falta de documentações

O trabalho começou hoje e vai até quinta-feira, desta semana. O empresário foi conduzido pela Polícia Federal para sede da 13ª Seccional de Paragominas, onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas pelo delegado Raimundo Xavier de Souza.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs