sexta-feira, 16 de julho de 2010

Taxista é morto a facadas em Paragominas



Um taxista foi executado com várias facadas na última quinta-feira (15), em Paragominas, região nordeste do Pará. O corpo de Francisco de Assis da Silva Mesquita, 34 anos, mais conhecido como "Tião", foi encontrado às margens da rodovia PA-125, no táxi que usava para trabalhar. Os acusados do crime, um casal de deficientes auditivos, já foram presos.

Segundo colegas de trabalho de Tião, o casal Hélio Chaves da Silva Júnior e Hevene de Paula Sardinha Corrêa, ambos de 18 anos, teria contratado o táxi para fazer uma corrida rumo ao aeroporto. O crime chocou a cidade pela brutalidade: o corpo tinha ferimentos nas costas, estômago, pernas, braços e rosto.

Após encontrar o corpo, polícia e taxistas amigos da vítima começaram as buscas pelos acusados. Por volta de 1h40, um taxista localizou o casal de deficientes. Na delegacia, utilizando a linguagem de sinais, Hélio e Hevene confessaram ser os autores do crime. Durante o interrogatório, Hevene afirmou que começou o assassinato. Ela sentou no banco da frente acertando um golpe no rosto do taxista. Já Hélio, com uma corda, enforcou a vítima. O taxista caiu e recebeu vários golpes de faca.

Eles foram autuados em flagrante por latrocínio (roubo seguido de morte) pelo delegado Raphael Souza, da 13ª Seccional de Paragominas. Para conter a revolta da população, a segurança do prédio foi reforçada por homens do  Batalhão de Polícia Militar, até que os acusados sejam transferidos. 

(Diário Online, com informações de Bruno Nascimento, da Surcusal em Paragominas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs