sexta-feira, 29 de julho de 2011

Vítimas do acidente na BR-010 foram sepultadas

Muitas lágrimas e sofrimento no adeus às quatro vítimas do trágico acidente ocorrido na tarde da última quinta-feira (28), no km-310 da BR-010, em Irituia, cidade próxima ao Rio Guamá.

Na manhã de ontem (29), familiares, amigos, autoridades e militares solidários com a fatalidade ofereceram palavras de conforto ao tenente-coronel da Polícia Militar Rubenlúcio Silva da Silva, comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar de Paragominas.

Em virtude do incidente, o militar perdeu a mãe, Rubenita Silva da Silva, 77 anos; a esposa, Roseneide Lima da Silva, 38 anos; a filha e o sobrinho, ambos de 10 anos.

Por todo lado, a tristeza e a comoção eram evidentes em amigos, familiares e colegas de farda do comandante da PM. Entre as autoridades, compareceram à cerimônia fúnebre o secretário de Segurança Pública do Estado do Pará, Luis Fernandes; Coronel Carlos, sub-comandante geral da Polícia Militar; e o Chefe da Casa Militar, coronel Noura.

A cerimônia em homenagem às vítimas seguiu até as 14h. Após a chegada de um ônibus com familiares residentes em Paragominas, o comboio, regido por choros e abraços mútuos, seguiu para o local onde ocorriam as homenagens em um cemitério particular, no km 5 da BR-316.

O acidente ocorreu quando os familiares saíram do município de Paragominas com destino a Belém e seguiam caminho em um veículo Palio quando bateram de frente com um caminhão-tanque que vinha em sentido contrário.
SOBREVIVENTE

A única sobrevivente da colisão foi a filha mais velha do tenente-coronel, de 12 anos. Segundo o assessor de comunicação da Polícia Militar, Major Carmo, ela permanece na UTI do Hospital Metropolitano. A assessoria do hospital informou que a menina teve politraumatismo e respira com ajuda de aparelhos.

O delegado Marcos Alberto Pereira, titular da delegacia do município de Irituia indica, a partir de uma análise inicial da tragédia, que o caminhoneiro conduzia o veículo de forma regular devido ao posicionamento dos carros e dos destroços da batida. Acredita-se que o motorista do caminhão-tanque, Marcos Dioniz de Oliveira, 28, não foi o causador da colisão.

Ainda segundo ele, com base no teste etilômetro, não foi encontrado álcool no sangue do caminhoneiro. “Com o resultado da perícia técnica, vamos poder decidir se ele será ou não indiciado por homicídio culposo - quando não há intenção de matar”. (Diário do Pará)

Família vela vítimas de acidente na BR-010


Serão veladas durante toda a manhã desta quinta-feira (28) as quatro vítimas do trágico acidente ocorrido ontem (27), no Km 1807 da BR-010, próximo à cidade de São Miguel do Guamá. O velório acontece em uma capela mortuária na travessa Lomas Valentina, em Belém. O enterro está previsto para a tarde, em um cemitério particular em Ananindeua.

Cinco pessoas estavam dentro do carro, que ficou destruído após o violento choque com um caminhão.  Todos eram familiares do tenente-coronel Rubenlucio da Silva, comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar, em Paragominas. As vítimas fatais foram: a mãe do oficial, Rubenita Silva da Silva, de 77 anos, a esposa Rosineide Lima da Silva, 37, a filha mais nova, Ariane Lima da Silva, 10, e o sobrinho João Lúcio da Silva Neto, de 7 anos.

A filha mais velha, Alana Amanda Lima da Silva, de 12 anos, foi a única sobrevivente, mas permanece internada em estado grave, no Hospital Metropolitano da capital.

O ACIDENTE

A família partiu de Paragominas, na região nordeste do Estado, com destino a Belém, em um veículo Pálio Weekend de cor prata. Eram 16h10 quando acorreu a violenta colisão com um caminhão tanque de limpeza de fossas.
A colisão foi tão violenta que o veículo que as vítimas ocupavam ficou totalmente destruído em meio a muito sangue e corpos dilacerados pelo impacto entre os carros.

Motoristas e passageiros de ônibus que passaram pelo local no momento do acidente disseram que a cena, vista de dentro dos ônibus, era macabra com os corpos das vítimas misturados às ferragens.

O motorista do caminhão, cuja identidade não foi fornecida, foi encaminhado em estado grave em uma ambulância do Samu para o Hospital Municipal em São Miguel do Guamá.
(DOL, com informações do Diário do Pará)

Acidente na BR-010 mata 4 pessoas



A ida para Belém de cinco membros de uma família que vinham do município de Paragominas, na região nordeste do Estado, acabou de forma trágica, depois que o Pálio Weekend de cor prata bateu de frente com um caminhão limpa fossa que trafegava, no sentido São Miguel do Guamá/Irituia, pela rodovia Belém/Brasília.

O acidente aconteceu próximo à cidade de São Miguel do Guamá, no Km 1807 da rodovia que liga a capital Brasília ao município de Santa Maria do Pará. Os relógios marcavam 16h10 quando a tragédia se abateu sobre a família do comandante do 19º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Rubenlucio Silva da Silva, que no momento do acidente acompanhava um assalto com reféns na cidade de Paragominas, de onde as vítimas saíram.

No carro estavam a esposa do coronel, uma idosa, duas filhas e um sobrinho do policial. A colisão foi tão violenta que o veículo que as vítimas ocupavam ficou totalmente destruído em meio a muito sangue e corpos dilacerados pelo impacto entre os carros.

Policiais militares da cidade de São Miguel do Guamá foram os primeiros a chegar ao local do acidente e prestar socorro a uma das vítimas, de apenas 12 anos, que foi encaminhada em estado grave primeiro para o Hospital Municipal de São Miguel do Guamá e depois transferida para o Hospital Metropolitano em Belém.

Motoristas e passageiros de ônibus que passaram pelo local no momento do acidente disseram que a cena, vista de dentro dos ônibus, era macabra com os corpos das vítimas misturados às ferragens. “Essas pessoas devem ter morrido na hora, bastava ver o carro como ficou”, disse uma passageira de um ônibus que desembarcou no início da noite no Terminal Rodoviário em Belém.

O motorista do caminhão, cuja identidade não foi fornecida, foi encaminhado em estado grave em uma ambulância do Samu para o Hospital Municipal em São Miguel do Guamá. Entre os mortos, segundo testemunhas, estavam duas crianças e duas pessoas sendo uma idosa.

DECEPADA

O impacto da colisão foi tão forte que a pessoa que dirigia o Pálio Weekend teve a cabeça decapitada, ficando os corpos presos nas ferragens em face do violento acidente que manchou de sangue o asfalto da rodovia Belém/Brasília.

As vítimas fatais no violento acidente foram: Rubenita Silva da Silva, Rosineide Lima e Silva e duas crianças de 10 e 7 anos.

O acidente deixou um congestionamento de 10 km nos dois sentidos da rodovia Belém/Brasília e a Polícia Rodoviária Federal isolou a área até a chegada da perícia do Instituto de Criminalística de Castanhal para fazer a remoção dos corpos, operação esta que entrou pela noite desta quarta-feira (27).

O DIÁRIO conversou com o capitão João Luís, subcomandante da 9º Cia Independente da PM, em São Miguel do Guamá, que esteve acompanhando o comandante tenente-coronel Rubenlúcio Silva, que estava muito abalado com a tragédia. (Diário do Pará)

Lembraça da missa de 7º dia do jornalista Cesar Roberto Mendes



Polícia Militar divulga dados da operação verão no interior

A Polícia Militar divulgou dados da operação verão deste ano, que acontece nos principais balneários do Estado. Além do policiamento ostensivo, a corporação atua na prevenção e no contato direto com a população, dentro do conceito de polícia comunitária. A atenção se volta neste fim de semana para o Festival de Tribos de Juruti, no oeste paraense, que começa nesta quinta-feira (28).
Para atuar no Festival de Tribos de Juruti, a PM destacou 40 policiais, que vão fazer policiamento a pé, em motocicletas e em viaturas, visando manter os bons resultados dos anos anteriores do evento, quando nenhuma ocorrência significativa foi registrada. O município de Juruti tem uma população de cerca 30 mil habitantes, número que chega a duplicar em razão da festa das tribos Muirapinima e Munduruku.
Também no oeste do Pará, mas desta vez em Santarém, policiais do serviço reservado do 3º Batalhão de Polícia Militar prenderam em flagrante dois acusados da prática dos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e receptação. Com os dois homens, os policiais apreenderam drogas, dinheiro, telefones celulares, uma arma de fabricação artesanal e uma motocicleta, produto de furto.
Os agentes da inteligência da Policia Militar, que participaram da prisão, afirmaram que a dupla já vinha sendo monitorada há semanas e estava sob investigação. O Comando do Policiamento Regional I garante que as ações contra o tráfico têm se intensificado na região, sempre com o objetivo de levar maior tranquilidade e segurança à população.
Marajó – Outra ação da PM neste mês é a operação Paz no Mangue, em Soure, na ilha do Marajó. Em parceria com o sindicato dos produtores rurais local, os policiais fizeram mais de 30 abordagens e verificaram a identificação dos pescadores da região. Ao longo do trecho percorrido, de 40 quilômetros – incluindo a vila Caju-Una, Turé, Tarumã e o Retiro Santa Rosa – foram também encontradas barracas abandonadas, que, segundo a PM, às vezes servem de abrigo para foragidos da Justiça.
Também foram apreendidos materiais durante a operação, entre eles uma cartucheira de calibre 20, seis cartuchos calibre 20, um projétil calibre .44 – encontrado em uma barraca abandonada – e 50 caranguejos, que foram devolvidos a seu habitat natural. Os manguezais de Soure são considerados um berçário da vida dos animais e vegetais.
Flagrante – Em Marabá, no sudeste do Estado, o quarto e penúltimo fim de semana das férias escolares foi tranquilo no principal balneário da cidade, a praia do Tucunaré, mas a PM também fez a prisão de um acusado de praticar roubos no bairro Liberdade. O homem foi capturado na segunda-feira (25), após ter roubado uma motocicleta pertencente a uma senhora. Ela foi abordada quando saía de um posto de combustível na Folha 28, Nova Marabá.
Guarnições da 27ª Zona de Policiamento (Zpol) faziam o patrulhamento pela cidade quando se depararam com a vítima, que tinha acabado de ter o veículo roubado por um homem que, na fuga, tomara o rumo da feira da Folha 28. Mais viaturas da Polícia Militar foram acionadas e o cerco policial foi feito. Assustado, o acusado entrou na contramão do tráfego da VP8, batendo de frente com uma das viaturas policiais.
O homem portava uma arma de fogo, tipo revólver, calibre 22, com seis munições intactas. Ele foi apresentado na Seccional da Nova Marabá e está à disposição da Justiça.
A operação se estende ao Baixo Tocantins. A PM faz, durante este mês, operação na barreira da rodovia PA-151, no município de Igarapé-Miri. Policiais militares, viaturas e motocicletas atuam no policiamento nas vias de acesso e também na praia de Beja, em Abaetetuba. A Polícia Milita também atua em conjunto com órgãos como o Conselho Tutelar, Juizado da Infância e Adolescência, Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Departamento Municipal de Trânsito (Demutran).
Barreira – Em Paragominas, no nordeste do Pará, a PM faz as operações “Barreira” e “Saturação”, para combater o tráfico de entorpecentes, a prática de crimes com uso de arma de fogo e armas brancas e a poluição sonora. As atividades são integradas com outros órgãos de segurança, como o Demutran da cidade.
Em cinco dias, 400 pessoas foram abordadas. A PM revistou 123 carros, dos quais dez foram notificados por falta de documentação. Também foram paradas 142 motos. Duas pessoas foram detidas por uso de arma branca e três foram presas por uso ilegal de arma de fogo. Os policiais também apreenderam 22 munições e notificaram dois bares, em conjunto com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Os estabelecimentos foram notificados por falta de documentação.
Leno Carmo – Polícia Militar

DMTU volta às ruas de Jacundá


O desrespeito às leis de trânsito parece algo indomável nas ruas da cidade de Jacundá. Mas uma liminar expedida pela Justiça determinou a contratação de novos agentes de trânsito para reforçar a fiscalização nas ruas. A nova equipe entrou em operação na última segunda-feira, 25. São 20 agentes do Departamento Municipal de Trânsito Urbano (DMTU) encarregados de pôr ordem naqueles que lutam pela impudência e irresponsabilidade.

Domar o trânsito de Jacundá é uma luta antiga. Várias campanhas educativas já foram realizadas pelo departamento de trânsito. “Não podemos permitir que isso aconteça na  nossa cidade. Todos têm o dever de respeitar a vida”, desabafou o juiz José Goudinho, que recentemente convidou a sociedade organizada para apoiar a fiscalização.

Amparado pelo Ministério Público, autor da Ação Judicial, a prefeitura contratou os novos agentes, que receberam orientação do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) que também participará da fiscalização. “O Detran permanecerá nas ruas da cidade”, determinou o juiz.

Uma pesquisa realizada pelo DMTU nos dias 28 a 30 de junho deste ano constatou que no horário comercial acontece o maior número de infrações de trânsito, principalmente condutores de motos sem capacete ou transportando mais de duas pessoas como carona e os condutores de carros insistem em trafegar sem o cinto de segurança. “São infrações que põe em risco a vida do condutor, do passageiro e também do transeunte”, aponta Wuene Paiva,coordenador do DMTU.

Entre os locais com maior incidência de infrações estão a rotatória próxima ao banco Bradesco, que compreende a avenida Cristo Rei, e também a rua 10 de Julho com a Dante de Oliveira. Outro local apontado está localizado entre a avenida JK com Duque de Caxias.

Antes de a equipe de agentes de trânsito dar início a fiscalização, inclusive, com aplicação de multa, o DMTU iniciou a campanha educativa nesta semana com o objetivo de “instruir os condutores de veículo ao uso de equipamentos obrigatórios, conscientizar as pessoas de que o trânsito é feito de vida, educar a popular para exercer a cidadania e valorizar a segurança como fator primordial no trânsito.

Bandido faz duas pessoas reféns em Paragominas

Foto: Jorge Quadros
Um dia tenso e de muita negociação para as polícias Civil e Militar durante todo o dia de hoje em Paragominas. Pela manhã, dois rapazes, Rhailton Rodrigues Gomes da Silva, 19 anos, e  A. L.C.J., 17 anos, cometeram um assalto à um adolescente no bairro Promissão III e se preparavam para cometer mais crimes quando foram abordados pela guarnição da Polícia Militar, composta pelos PMs Cabo Brito, Soldado Da Paz e Soldado Lima e Silva, já nas proximidades da Praça da Bíblia, no Centro da cidade.


No momento da abordagem, A.L.C.J. que dirigia a bicicleta se entregou e Rhailton, que estava armado de um revólver Taurus, calibre 38, numeração raspada, empreendeu fuga homiziando-se numa residência da Rua Manoel Barata, na confluência da Avenida Tamandaré, também no bairro Centro, alugada para um homem que trabalha como vendedor ambulante e que mantêm vários vendedores nas ruas de Paragominas. Neste momento, haviam apenas duas mulheres e dois homens na casa. Um homem e uma mulher escaparam e um casal foi tomado como refém.
Rhailson invadiu a residência de arma em punho e se trancou em um dos quartos da residência com dois reféns, um homem e uma mulher posteriormente identificados como Janiere França Ferreira e Maria da Piedade Vieira Lins.
O Comando da PM foi avisado e o coronel Rubenlúcio autorizou seus graduados Major Dênis, Capitão Artur e Tenente Vaner para iniciar os procedimentos de negociação para a liberação dos reféns.

Quase uma hora depois, Maria da Piedade foi liberada em troca de um colete à prova de balas, exigido pelo meliante. Outras exigências foram feitas, como por exemplo, alimentação e água mineral. Enquanto isso, o menor permanecia algemado dentro de uma viatura, próximo à casa, aguardando o desfecho da operação.
O pai de Rhailton foi chamado para ajudar nas negociações e, segundo o Capitão Artur, ele foi fundamental para a rendição do filho. Mas o negociador, desde o início da operação, foi o soldado Da Paz, que manteve a tranqüilidade todo o tempo e acalmou o rapaz, que estava muito nervoso.
Muitos curiosos se aglomeravam nas ruas próximas a residência aguardando o desfecho do caso. Somente depois de quatro horas de negociação Rhailton Rodrigues Gomes da Silva resolveu atender aos pedidos para que ele se rendesse, com as garantias de que não sofreria nenhum tipo de repressão por parte das pessoas que estavam do lado de fora e a sua integridade física por parte da polícia.

Ele jogou a arma por debaixo da porta, liberou o refém e depois se entregou, sendo algemado e levado pelos policiais para a viatura que o aguardava com as portas abertas para fazer o seu traslado até a 13ª Seccional Urbana. Lá, ele foi encaminhado para a cela aonde se encontrou com o comparsa A.L. Segundo informações de um policial, os dois chegaram a comemorar a ação criminosa, sorrindo e dando murros para o ar.

O Major PM Dênis, em entrevista coletiva, disse que a negociação foi tranquila e que os policiais apostavam no cansaço do meliante, o que acabou acontecendo por volta das 4 horas da tarde. Rhailton Rodrigues Gomes da Silva é detento do Cantro de Recuperação de Paragominas e estava no regime Semi-Aberto. Com mais esses crimes, porte ilegal de arma, de munição, cárcere privado, assalto à mão armada, ele voltará para o regime Fechado e deverá cumprir mais alguns anos de prisão.

Janiere França Ferreira, um dos reféns, disse à nossa reportagem, que em vários momentos o assaltante colocava a arma em sua nuca, mas na maioria das vezes se mantinha calmo. Ele próprio, Janiere, dera-lhe conselhos para se entregar, dizendo que ele era muito jovem para estar no crime.

Os delegados de Polícia Civil, Dr. Hilton Monteiro e Dr. Alberoni terão muito trabalho hoje à noite na tomada de depoimentos dos dois indivíduos que assaltaram e um deles tomou como reféns duas pessoas em Paragominas. Os dois meliantes são moradores de Paragominas. Um mora no bairro Jardim Atlântico e o outro no bairro Laércio Cabelini.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Vem aí 4ª Feira Agrocuária de Ipixuna do Pará

Foto: Bruno Nascimento
No período de 30 de julho a 07 de agosto de 2011, acontecerá a 4ª Feira Agropecuária de Ipixuna do Pará, na região nordeste do estado com várias atrações, comercialização de produtos do campo, ações em saúde, rodeios, entre outras programações.




Confira programação:
30/07/2011 – Show com Marco Brasil
31/07/2011 – Show com João Vitor e Adriano em seguida Banda Kassikó
01/08/2011 – Show com Jesiel Araújo em seguida Pastor Marco Feliciano
02/08/2011 – Show com Banda Ceifeiros e Adriana Milagres
03/08/2011 – Show com Daniel do Acordeon
04/08/2011 – Show de aparelhagens com Cyborg o som do futuro
05/08/2011 – Show com a Banda Forrozão nu Doze
06/08/2011 – Show com Frank Aguiar
07/08/2011 – Encerrando a programação com apresentações culturais em seguida Banda Rara.

As programações começam sempre a partir das 20h, ao lado do estágio Simão Jatene em Ipixuna do Pará.

Operações reforçam segurança em Paragominas


Guarnições compostas pelo tenente Waner, pelos aspirantes Marcelino e Antunes, sargentos Nilo, Maia e Santos, cabos P. Gomes, juntamente com soldados Harley, Robson, Eninaldo, Alves, Cleudiane, Padilha, Amanda, Noberto, Cléia, Dos Santos e Adaias, da 13ª Zona de Policiamento, sobre comando do capitão Henrique, realizam operações “Barreiras” e “Saturações” em Paragominas, no nordeste paraense.

Visando combater o tráfico de entorpecentes, criminalidade, uso de arma de fogo e armas brancas, poluição sonora, além de fazer o policiamento ostensivo, que nos dias 20, 21, 24, 25 e 26, homens da 13ª Zpol em parceria com Departamento de Trânsito Municipal de Paragominas, realizam operações “Barreiras” e “Saturações” em diversos pontos da cidade. Entre os pontos estão os bairros Jardim Atlântico, Vila Rica, Ouro Petro, Aragão, Camboatã I e II, Angelim, JK e Promissão III.  

Os resultados durante os cinco dias das operações foram: 123 carros revistados, sendo que 10 foram notificados por falta de documentações dos veículos, 142 motos, duas pessoas detidas por uso de arma branca, três foram presos por uso de arma de fogo, 22 munições apreendidas, dois bares foram notificados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por falta de documentação e aproximadamente de 400 pessoas abordadas entre homem e mulheres.

As operações “Barreiras” e “Saturação”, não têm data para acabar e estão sendo realizadas sempre pelo período noturno e se estende até a madrugada do dia seguinte.

A 13ª Zpol faz parte do 19º Batalhão de Polícia Militar, comandado pelo Tenente Coronel PM Rubenlucio, unidade militar subordinada ao Comando de Policiamento Regional VI, que tem à frente o Tenente Coronel PM Almendra.

Bruno Nascimento, de Paragominas.

População da região do Capim define investimentos para o PPA

16 municípios do Capim participaram da audiência

As áreas de Educação, Transporte e Saúde serão as mais beneficiadas com os investimentos que o governo do Estado realizará nos próximos anos em 16 municípios do nordeste, que compreendem a Região de Integração Rio Capim, uma das 12 existentes no Pará. Os projetos foram divulgados nesta segunda-feira (25) no município de Paragominas, durante a quarta audiência pública sobre o Plano Plurianual (PPA).
Lilian Bendahan, diretora de Planejamento da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sepof), informou que estão planejados para estes municípios investimentos de R$ 1 bilhão, destinados ao desenvolvimento de diversos setores. “Os recursos vão beneficiar várias áreas, com a construção de escolas, unidades de saúde, pavimentação de estradas e segurança pública”, ressaltou Lilian.
A educação lidera o orçamento, com R$ 344 milhões disponíveis. Outra área que receberá atenção especial é a de transporte, com aproximadamente R$ 260 milhões para obras de pavimentação de estradas e vias urbanas. Entre as rodovias já previstas para este projeto está a PA-124, no município de Garrafão do Norte, nos trechos entre as sedes municipais de Capitão Poço e Nova Esperança do Piriá.
Pronto atendimento - A saúde pública é outra área estratégica dentro do PPA, que prevê a construção de unidades de urgência e emergência nos municípios. Em Ipixuna do Pará, a 10 quilômetros de Paragominas, será construída uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e de um Posto de Saúde no assentamento Quiuandeua. Unidades de Pronto Atendimento deverão ser instaladas ainda em Concórdia do Pará e outros municípios do Rio Capim. Pelo menos R$ 145 milhões serão investidos pelo governo do Estado na melhoria dos serviços de saúde.
Nas audiências do PPA, de acordo com Lilian Bendahan, o Executivo apresenta todos os projetos que pretende implantar na região e ouve a população sobre o que deveria receber maior atenção por parte do Estado. Em Paragominas, mais de 200 pessoas participaram da audiência, entre estudantes, sindicalistas e demais moradores dos 16 municípios. “A partir das necessidades apresentadas pela população, nós realizamos um estudo para verificar a viabilidade das demandas. Caso sejam viáveis, serão incluídas nos próximos investimentos do PPA”, explicou a diretora, acrescentando que todos os anos o Plano Plurianual é atualizado.
A próxima audiência pública será nesta terça-feira (26) em Capanema, no nordeste do Estado. A dinâmica será a mesma utilizada em outras reuniões. Após o pronunciamento do titular da Sepof, Sérgio Bacury, começam as inscrições das pessoas que querem dar sugestões ao PPA. Cada participante terá dois minutos e meio para expor sua opinião. Todas as sugestões, apresentadas verbalmente ou por escrito, são encaminhadas para os órgãos setoriais, sob a coordenação da Sepof, para verificar sua inclusão no PPA.
“Ouvir o que a população tem a nos dizer é a parte mais importante da audiência pública. Eles, mais do que ninguém, sabem quais são suas reais necessidades. Temos consciência de que nem tudo que é pedido poderá ser realizado. Porém, temos certeza que pelo menos as prioridades serão atendidas”, afirmou o secretário.
Resultados - Na primeira audiência, realizada no município de Breves, no Arquipélago do Marajó, foram anunciados investimentos nas áreas de Segurança, Saúde e Educação. Cerca de R$ 1 bilhão, do total de recursos previstos no PPA, deverão ser investidos, pelo governo do Estado, no Marajó.
Para a Região do Lago de Tucuruí, que compreende os municípios de Breu Branco, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento e Tucuruí, estão previstos R$ 487 milhões em investimentos. Esses recursos financiarão ainda outras ações debatidas na audiência, como os programas Municípios Verdes, Segurança pela Paz e Floresta Sustentável, além de Hospitais de Média e Alta Complexidade e a Atenção Primária de Saúde.
Na Região do Guamá, onde o município polo é Castanhal, os investimentos totalizam quase R$ 1,3 bilhão para a execução de obras prioritárias, como a construção do Hospital Regional de Castanhal, a partir de 2012. Do total de recursos disponíveis, R$ 42 milhões serão destinados à construção de mais de 560 casas, para oferecer moradia digna a famílias de baixa renda.
Thiago Melo - Secom

SEPOF promove audiência pública em Paragominas

Euricles Teixeira, técnico Sepof

Hoje, às 8h, no Teatro Reinaldo Castanheira, a Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sepof) promoverá uma audiência pública. O objetivo é que a população, por meio de preposições, ajude a construir o Plano Plurianual (PPA) de 2012-2015, que auxiliará o Governo do Estado no desenvolvimento de suas ações neste período.

O PPA é a principal ferramenta de estratégia de médio prazo para implementação de políticas públicas, inclusive, é uma exigência da Constituição Brasileira. “É o PPA que vai nortear as ações do governo pelos próximos quatro anos”, diz Euricles Teixeira, técnico de gestão da Sepof. Segundo o técnico a partir do PPA será difinido o orçamento geral para 2012, que já tem uma provisão de mais de R$ 63 Bilhões.
Está é a quarta audiência no estado. Ao todo a Sepof realizará 12 audiências em todo o Pará. Prioritariamente serão discutidos assuntos pertinentes a segurança, educação e saúde, no entanto, outros temas relacionados a administração do governo do estado podem entrar na pauta da audiência.

Segundo o técnico de gestão da Sepof, Euricles Teixeira, esse é momento importante, em que a população tem a oportunidade de ajudar a construir políticas públicas para a sua cidade. “Este é um momento impar em que a sociedade tem a oportunidade de mostrar suas necessidade”, diz o Técnico.

Na ocasião o secretário da Sepof, Sergio Bacury, apresentará o PPA que será discutido pelos participantes, além 83 programas e outras ações que também serão apreciados pela população. Todas as iniciativas são contextualizadas para a realidade de cada região, no caso, a audiência será direcionada para os 16 municípios que compõe a região do Rio Capim.

Tudo discutido na audiência será registrado e documentado em ata. O resultado de todas audiências será encaminhado, até o dia 31 de agosto, a Assembléia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), onde será transformada em Projeto de Lei.     
Texto: Lucas Eugênio

O Brasil que dá certo 2...

6. Xapuri (AC). Xapuri fica no Acre, o único estado brasileiro por opção. O Acre lutou contra a Bolívia e contra o Brasil, e optou por ser brasileiro. É um dos poucos estados do país com identidade própria. E talvez seja o único em que a vasta maioria da população canta o hino estadual. Ideologia corre nas veias da sociedade acreana. E isso diz muito sobre Xapuri, a terra de Chico Mendes. Na cidade, iniciativas coordenadas entre estado, mercado e sociedade civil estão criando alternativas econômicas que agregam valor à floresta em pé e beneficiam a população local. A principal 'inovação' é a fábrica de preservativos NATEX, criada com recursos públicos, mas sob gestão privada. Acordo com associações de seringueiros locais garante a compra do látex e, ao mesmo tempo, a renda das famílias dos seringueiros. O empreendimento ainda está ganhando força, mas o exemplo de Xapuri já sinaliza o caminho do futuro para a Amazônia. Ali, negócios são feitos com ideologia.

7. Lucas do Rio Verde (MT). No coração agrícola do Mato Grosso, Lucas é um local que impressiona. Sim, o modelo agrícola caracteriza-se por grandes fazendas produtivas. Sim, a cidade foi desmatada no passado. Sim, as reservas ainda não foram recompostas. Mas a cidade é a primeira do país a georeferenciar e cadastrar todas as suas propriedades, discriminando o que foi desmatado e preservado. Este é o primeiro passo para a compensação do passivo florestal. O 'Mato Grosso Legal', programa desenvolvido pelo governo estadual, com apoio do Ministério do Meio Ambiente, lideranças políticas locais, associações de agricultores, Ministério Público e diversas ONGs, permitirá o gerenciamento do ativo de florestas no Estado, e organizará a compensação de áreas desmatadas. Tudo monitorado por satélite e com permanente controle da sociedade. Mas Lucas também é exemplo por 3 outros motivos. Primeiro, porque naquele paralelo está o hectare mais produtivo do mundo. Alguns brincam que chuva ali não segue calendário do ano, segue o relógio. Vem e vai com precisão de 'minutos', permitindo o bom planejamento da safra. Segundo, Lucas encarna o melhor espírito empreendedor do povo brasileiro. Na cidade, moram pessoas simples e ousadas, que deixaram suas terras e famílias no sul do país, e construíram uma vida vibrante nova no meio do nada. Terceiro, Lucas é exemplar, porque tudo que ali existe, as ruas, as praças, as casas, as escolas... foi construído por seus cidadãos, durante muito tempo, sem a ajuda de ninguém. O resultado é um império que produz comida e alimenta o mundo. Lucas do Rio Verde representa o que o ser humano consegue fazer junto, com vontade, cooperação e trabalho em equipe. E agora quer demonstrar como é possível fazer tudo isso em harmonia com o meio ambiente.

8. Paragominas (PA). Paragominas, não faz muito tempo, era considerada uma das cidades mais problemáticas do Brasil, com altos índices de violência e de desmatamento. Ironicamente, a cidade era conhecida como 'Paragobala'. E integrava a lista negra do governo, que reúne as cidades da Amazônia que mais desmatam. Ao longo dos últimos anos, no entanto, uma colaboração virtuosa entre a prefeitura de Paragominas, ONGs ambientais e o Sindicato de Produtores Rurais da cidade tem promovido verdadeira transformação no município. Os índices de violência caíram drasticamente em pouco tempo. O desmatamento foi reduzido em até 90%. A cidade deixou de ocupar a lista dos municípios desmatadores e passou a ser referência em gestão sustentável para outras cidades da Amazônia e do país (confira este documento produzido pelo IMAZON). Paragominas também se tornou um dos laboratórios nacionais de boas práticas para uso racional do solo. Um exemplo que chama a atenção é o projeto de integração lavoura-agricutura-pecuária, coordenado pela Embrapa. O projeto intensifica o uso da terra, aumenta sua produtividade e reduz a pressão sobre áreas florestadas. Paragobala, violenta e pobre, está virando Parafloresta, pacífica e desenvolvida. 

Daniel Vargas

Internos de Centro de Recuperação em Paragominas recebem certificado de conclusão de cursos

Com a entrega destes certificados, termina a primeira fase do projeto
 
Os internos do Centro de Recuperação Regional de Paragominas, no nordeste do Pará, que participam do projeto “Começar pra valer” receberam certificados pela conclusão dos cursos de instalador hidráulico, eletricista instalador predial e pedreiro de alvenaria.

A capacitação é fruto de parcerias entre a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), prefeitura local e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O projeto visa a qualificação profissional de presos e egressos. No total, 40 internos já foram beneficiados com cursos profissionalizantes. Nessa segunda turma, sete detentos receberam certificados e estão aptos para o mercado de trabalho.

“Ações como esta são exemplos a serem seguidos e geram um ambiente perfeito para desenvolver a reinserção social. O sistema penitenciário por sua vez consegue manter uma unidade prisional estabilizada”, destaca o titular da Susipe, major Francisco Bernardes.

Segundo a a juíza da 3ª Vara Penal da Comarca de Paragominas, Shérida Pacheco, que coordena o projeto, os internos serão capacitados gradativamente por etapas e evolução, tendo possibilidades reais de trabalho e emprego. "Acredito na ressocialização daqueles que precisam de apoio", afirma.

“Com a entrega destes certificados, termina a primeira fase do projeto. No segundo semestre, os concluintes já terão oportunidade de exercer as atividades profissionais aprendidas nos cursos”, assegura o prefeito de Paragominas, Adnan Demachki.
Por Diário do Pará em 21/07/2011

Projeto "Começar pra valer" capacita detentos em Paragominas com o apoio da Defensoria

Qualificação profissional de presos e egressos, esse é o objetivo do projeto Começar pra valer, que corresponde a um programa de acompanhamento e capacitação de internos do Centro de Recuperação Regional de Paragominas. O projeto segue um cronograma de atividades e já iniciou as aulas para os internos do regime semiaberto. São parceiros do Judiciário no projeto a Defensoria Pública do Pará, o Ministério Público, a OAB/PA, a Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe), a Secretaria Municipal de Educação e a empresa Vale Paragominas. O projeto vai ao encontro das diretrizes do programa Começar de Novo, instituído pelo Conselho Nacional de Justiça através da Resolução nº 96/2009.
Cerca de 40 internos já foram beneficiados com cursos profissionalizantes. O projeto encontra-se na sua segunda turma, sete detentos receberam certificados e estão aptos para o mercado de trabalho. Os certificados pela conclusão dos cursos de instalador hidráulico, eletricista instalador predial e pedreiro de alvenaria foram entregues aos internos do Centro de Recuperação Regional de Paragominas, que participam do projeto Começar pra valer.
O Defensor e Coordenador da 10ª Regional, Rodrigo Ayan, explicou que o Projeto possui um número de objetivos, como a capacitação profissional dos detentos. A Defensoria, assim como as outras instituições envolvidas no Projeto, visa a ressocialização desses internos e, para isso, foram traçadas algumas metas, entre elas, a capacitação profissional para garantir o reingresso dos internos ao mercado de trabalho", acrescentou o Defensor.
Segundo a juíza da 3ª Vara Penal da Comarca de Paragominas, Shérida Pacheco, que é a Coordenadora do projeto, os internos serão capacitados paulatinamente por etapas e evolução, tendo a oportunidade de adentrar no mercado de trabalho."Acredito na ressocialização daqueles que precisam de apoio", frisou.
De acordo com o Prefeito de Paragominas, Adnan Demachki, com a entrega destes certificados, termina a primeira fase do projeto. No segundo semestre, os concluintes já terão a oportunidade de exercer as atividades profissionais aprendidas nos cursos, concluiu o Prefeito.
Autor: Edilena Lobo

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Reforço do efetivo e ações integradas da PM garantem veraneio tranquilo no Estado

A Polícia Militar prossegue com as ações de segurança neste penúltimo final de semana de julho. O efetivo da corporação em 59 municípios da Região Metropolitana e interior recebeu o reforço de 2.300 homens, além do emprego de equipamentos especiais adaptados ao trabalho nas regiões praianas, como os quadriciclos, em Salinas, e os postos fixos refrigerados em outras localidades.

Medidas como essas tem ajudado a reduzir as ocorrências principalmente nos balneários mais procurados pelos veranistas, como Mosqueiro, que mesmo diante de uma movimentação estimada em mais de 250.000 pessoas, no último final de semana, registrou um número bastante reduzido de casos atendidos pela PM.

Na capital, a Operação "Belém Segura" trabalha diariamente com 950 policiais para o atendimento da população que permanece na cidade, atuando na fiscalização, ronda ostensiva e repressão à criminalidade. Nas estradas, a Companhia Independente de Polícia Rodoviária, com mais de 200 homens, fiscaliza e orienta os condutores de veículos nas rodovias paraenses, com destaque para o trabalho realizado em Salinas e Mosqueiro, onde o fluxo de automóveis é intenso a cada fim de semana e o número de acidentes tem diminuído em comparação com o mesmo período em 2010.

Essas providências, aliadas à criação de ferramentas como o programa de rádio FM Estação Segurança, mantido pela Assessoria de Comunicação Social em Belém e em Mosqueiro, tem sido fundamentais para que a corporação alcance esses resultados.
 
Paragominas

No município de Paragominas, nordeste do Estado, uma guarnição composta por homens da 13ª Zona de Policiamento conseguiu apreender várias mídias piratas na noite da última segunda-feira, 18. A ação ocorreu por volta das 22h, quando a guarnição fazia o policiamento ostensivo motorizado na praça Célio Miranda, área central de Paragominas. Os acusados foram abordados quando comercializavam CDs, DVDs e jogos eletrônicos ilegais, sendo conduzidos para 13ª Seccional de Urbana de Paragominas. A 13ª Zpol faz parte do 19º Batalhão de Polícia Militar e é subordinada ao Comando de Policiamento Regional VI.
 
Ipixuna do Pará

Uma guarnição do Destacamento de Polícia Militar de Ipixuna do Pará, vonculado ao 19º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Paragominas, conseguiu fechar mais um ponto de tráfico de drogas na Vila Canaã, zona rural daquele município. No sábado, 16, por volta das 15h30, a guarnição recebeu denúncia anônima de que em uma residência na Vila Canaã funcionava um ponto de tráfico de drogas. No local, após observar a intensa movimentação de pessoas, a equipe invadiu o imóvel onde encontrou três homens embalando várias petecas de óxi, além de pedaços de plásticos, tesoura e outros  materiais usados para embalar os entorpecentes. Ao todo, três acusados foram presos e conduzidos em flagrante para a delegacia do município.
 
Redenção

A participação da comunidade tem sido decisiva nas operações de combate ao tráfico de drogas e a atuação da Polícia Comunitária, que vem sendo intensificada no município de Redenção, tem produzido resultados positivos no combate à criminalidade. Exemplo disso foi a prisão, feita por homens do 7º Batalhão de Polícia Militar, de mais um acusado por tráfico de drogas. Detido graças a uma denúncia anônima, ele foi abordado por uma guarnição por apresentar atitude suspeita. A abordagem ocorreu próximo à residência do acusado e resultou na apreensão de 35 petecas de crack. Indagado sobre a origem do material, o homem alegou que era para consumo próprio, mas em consulta ao sistema de informação da polícia foi descoberto que o mesmo já havia sido preso em outra oportunidade pelo mesmo crime. O acusado foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil do município, onde foi atuado em flagrante.
 
Santa Izabel

Uma guarnição policial pertencente à 17ª Zona de Policiamento de Santa Izabel, localizou e prendeu dois acusados de tráfico de drogas, um deles um menor, durante ronda policial na “Invasão do Café”. Com eles foram encontrados pedra de óxi, barrilha, uma balança de precisão, 35 sacos plásticos, além de objetos eletroeletrônicos. Os acusados e os produtos foram apresentados na DPOL de Santa Izabel para os procedimentos legais. Em outra ocorrência, policiais da 17ª Zona de Policiamento perceberam, em ronda no bairro Triângulo, uma movimentação suspeita de um veículo. Os ocupantes do carro, ao notarem a aproximação policial, tentaram fugir em alta velocidade, causando o capotamento do veículo. Durante a revista pessoal, um deles foi preso em flagrante por posse de arma e munições. Também foram encontrados uma balança digital, dois aparelhos celulares e uma camisa de mototaxista. Todos os objetos apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia local.
 
Cametá

Em Cametá, a 4ª Companhia Independente de Polícia Militar garantiu mais um final de semana tranquilo por conta da Operação Veraneio 2011, que tem produzido resultados positivos. Nas praias da Aldeia e Cametá Tapera, o movimento foi considerado tranquilo, com a presença da Polícia Militar integrada aos demais órgãos de Segurança Pública do Estado. Outro destaque foram as festividades de Curuçambaba e Vila do Carmo, que atraíram centenas de pessoas, exigindo atenção redobrada do efetivo policial. Limoeiro do Ajuru e Oeiras do Pará também registraram movimento tranquilo nos últimos finais de semana. Neste último, que recebeu cerca de 10 mil pessoas durante o XXIV Festival do Camarão, o clima foi de festa e de segurança.
 
Comando de Policiamento da Capital reúne com a comunidade

O projeto da PM que trabalha a integração entre a comunidade e a corporação, a cargo do Comando de Policiamento da Capital (CPC), esteve na área do 2º Batalhão de Polícia Militar na última quarta-feira, 13, para discutir as ações na região. A reunião foi considerada positiva, tanto pela Polícia Militar quanto pela comunidade e demais autoridades que compuseram a mesa diretora. As ações definidas terão desdobramentos que visam melhorar a comunicação entre todos os atores responsáveis pela construção da paz.

Major Leno Carmo - Ascom/PMPA

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Orçamento estadual 2012 será debatido em Paragominas

O município de Breves, na região do Marajó, arquipélago que apresenta um dos mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), será o primeiro a receber a audiência pública que debaterá o plano de ação para os próximos quatro anos - o Plano Plurianual 2012-2015 (PPA) - e, ao mesmo tempo, a definição do Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para o ano de 2012.

Para garantir a participação da sociedade no planejamento das ações de governo, serão realizadas audiências públicas em 12 regiões de integração do Estado no período de 18 de julho a 17 de agosto, sempre no horário de 8h às 14h. “O principal objetivo é promover o desenvolvimento do Estado de uma forma coletiva. Por isso é importante a participação da população”, ressalta Lilian Bendahan, diretora de planejamento estratégico da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Estado do Pará (Sepof).

Secretários de estado e representantes dos poderes Judiciário e Legislativo participarão, junto com a população, das decisões que definirão as prioridades estratégicas de cada região. Está prevista, ainda, a participação do governador Simão Jatene em algumas audiências. “Será uma maneira simples e prática de garantir que a população participe das decisões, o momento que o governo terá para ouvir os anseios da sociedade e aperfeiçoar políticas públicas, estimulando a prática da responsabilidade compartilhada”, explicou Lilian.

Resultados – Os resultados das audiências públicas são a última etapa do PPA. O plano começou a ser elaborado no dia 31 de maio com um seminário que contou com a participação de todos os gestores e do governador Simão Jatene. De lá pra cá, várias metas e programas de governo já foram definidos.

Durante o mês de junho secretários, gestores e diretores da administração direta e indireta organizaram-se em grupos de trabalho, o que resultou na criação de 83 programas de governo ligados à Agenda Mínima e voltados para as mais diversas áreas como educação, segurança, infraestrutura e logística. O prazo final para o PPA ser encaminhado à Assembleia Legislativa do Estado é 31 de agosto. Ele deverá ser devolvido ao executivo no dia 31 de dezembro e entrará em vigor no dia 02 de janeiro de 2012.

Diferencial – Nesse governo, o plano de ação governamental tem grandes diferenciais. Um deles é a oportunidade que a população terá de participar da elaboração do PPA enviando sugestões através do site da Sepof (www.sepof.pa.gov.br). “A participação popular tem sido muito positiva. Já recebemos mais de 200 demandas e todas estão sendo encaminhadas para as secretarias relacionadas. O que mais tem nos entusiasmado é que a maioria das sugestões tem a ver com o que já foi elaborado e já está contido no plano. Isso quer dizer que estamos no caminho certo”, finalizou a diretora da Sepof.

A participação dos poderes Judiciário e Legislativo na elaboração do plano e o fato das Organizações Sociais também estarem contidas no PPA são outro aspecto considerado positivo do Plano Plurianual.

Acompanhe o cronograma das audiências públicas:
18/07 – Breves – Auditório do Centro de Desenvolvimento Educacional
20/07 – Tucuruí – Cine Roxy
22/07 – Castanhal – Ginásio Antônio Virgulino
25/07 – Paragominas – Teatro Reinaldo Castanheira
26/07 – Capanema – Auditório Frei Leonidas
01/08 – Marabá – Auditório da Secretaria Municipal de Saúde
3/08 – Redenção – Auditório da Câmara municipal
08/08 – Altamira – Centro de Convenções
09/08 – Santarém – Auditório da UEPA
10/08 – Itaituba – Auditório da Polícia Civil
16/08 – Belém – Auditório do CENTUR
17/08 – Abaetetuba – Barraca de Nossa Senhora da Conceição

*Todas as audiências acontecerão no horário de 8h às 14h
Bruna Campos - Secom

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs